A Responsabilide Social da Empresa (RSE) é, em primeiro lugar, o respeito de um código moral. A nossa ambição consiste em criar e desenvolver um verdadeiro ecossistema na rede das empresas da ADEO. Diariamente, nós comprometemo-nos, cada vez mais, junto dos nossos clientes-habitantes, dos nossos parceiros, dos nossos colaboradores e da sociedade civil.

AGIR COMO UM EMPREGADOR RESPONSÁVEL

Em todas as empresas que integram a sua rede, a ADEO compromete-se.

Em relação aos seus colaboradores:

A promover o respeito e a partilha, a garantir um ambiente favorável ao desenvolvimento pessoal e profissional, a encorajar as iniciativas e a responsabilidade de cada um. A formação, a segurança e o bem-estar no trabalho são sempre uma preocupação comum na rede.

 

Em Espanha, a Leroy Merlin criou a semana da segurança no trabalho. Em Itália, a Bricocenter propõe uma formação, em e-learning, sobre a gestão energética. Em França, a Bricoman lançou uma formação alternativa, a Escola dos Ofícios.

TRABALHAR PARA UM HABITAT SUSTENTÁVEL
Em todas as empresas que integram a sua rede, a ADEO compromete-se.

Em relação aos seus clientes:

A propor os melhores produtos aos melhores preços, a verificar se eles são fabricados em condições éticas, a procurar soluções eficazes e personalizadas e a contribuir para a criação de um habitat sustentável e acessível a todos.

RESPEITAR O AMBIENTE
Em todas as empresas que integram a sua rede, a ADEO compromete-se.

Em relação ao ambiente:

- A limitar a sua pegada ambiental na construção de novas lojas.
- A reduzir o seu consumo de água e de energias.
- A restringir o seu consumo de papel.
- A gerir os seus resíduos. - O edifício da TERRADEO é detentor da certificação Alta Qualidade Ambiental (AQA).

INVESTIR NA SOCIEDADE
Em todas as empresas que integram a sua rede, a ADEO compromete-se:

Em relação à comunidade

A intervir na vida da cidade, a trabalhar com as ONG, a apoiar as iniciativas de solidariedade, nomeadamente, as iniciativas dos colaboradores. A estrutura da empresa Leroy Merlin desenvolveu a estratégia «Habitat e deficiência/Habitat e dependência».